RESPEITÁVEL PÚBLICO!

VENHAM TODOS! VENHAM TODAS!

domingo, 6 de dezembro de 2015

PADULA...

Saudações a Pantaleão Pereira Peixoto

            As Escolas Paulistas estão em Luta... A contragosto do governo, claro...
            Afinal... o Governo “recuou” (o que implica em apenas uma mudança na passada, na caminhada que ainda pretende dar), o Secretário caiu e a imprensa ainda tá tratando o governador paulista “de boas”.

                        Deboísmo de araque, sempre garante as relações de poder (Palhaço)...
            – É vero, caro Strovézio...

            Não vamos repetir nada. O que nos interessa é o Chefe de Gabinete do Secretário de Educação de São Paulo, Sr. Fernando PADULA Novaes. Para este humilde picadeiro de terra batida e lona furada, basta o sobrenome do dito-cujo: PADULA.
            Na reunião fechada que vazou, antes da virada do mês, o PADULA começa a construir as estratégias contra as ocupações das escolas e que nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro já estavam em campo. Ele nem ficou incomodado com o vazamento... tocou a estratégia va-len-do!
            Mas, quem é Padula?
            Como estamos meio longe de São Paulo e pesquisar em site da Secretaria de Educação de São Paulo, Wikipédia, site do PSDB não rola, optamos pelo caminho das letras
            Claro, pode ser que a fonte tenha seus equívocos (http://www.significadodonome.com/)...
            Mas sabe como é, né? Internet, Google (que coloca na “ponta” da consulta o que rola de “jabá internetês”), e pouca paciência e tempo para aprofundamentos linguísticos...

            – Chama alguém da Turma de Letras, aquela Turma Márcia Cristina Greco Ohuschi... Que tu fostes paraninfo... (Palhaço)
            – É... convite aberto pra uma professorada de qualidade!!!!

            Como disse, posso cometer equívocos. Ainda assim, para um Circo, tá valendo:
            Significado de Padula e, circensemente falando, do “Seu” PADULA:
            Ele é um cara independente, pioneiro e criativo e é de uma tal “personalidade 1”, ou seja, é um líder em tudo o que faz. Muito autoconfiante, cabra de sucesso, traz em si coragem, independência, individualidade e realização.
            Seu lado positivo, portanto, é a liderança, o pioneirismo, a coragem e a independência.
            Seu lado negativo? A Agressividade, o egoísmo, o egocentrismo, a inflexibilidade e o individualismo.
            Podia causar-me até um pouco de confusão tentar entender que a independência lhe é um ponto positivo e a individualidade um ponto negativo. Mas, acho que deve fazer sentido.
            De qualquer forma, venhamos e convenhamos. Se faz algum sentido esse “significado do nome” – em um sobrenome – PADULA cai como uma luva neste sujeito.
            Cai como uma luva pelo que dirigiu:
            

            Cai como uma luva pelo que aparentou:
            
           
            Cai como uma luva na autoconfiança: a gravação de sua estratégia de Guerra contra estudantes (e pais, e comunidade, e professores) vaza, uma escola ocupada é depredada, a imprensa está (no meio de DUZENTAS escolas) exatamente naquela escola e ele está lá, dando entrevista...
            E só o Repórter Brasil (jornal pós-Jornal Nacional, que passa na TVE-Brasil) encontrou jovens que ocupavam a escola para entrevista-los e que denunciaram a farsa...
            Mas, como dissemos, aqui é um Circo. Nossas reflexões neste caso, são circences. Portanto, chegamos a algumas bobas conclusões: 
            PADULA pode virar verbo:

            – Os Bandeirantes PADULARAM o interior do Brasil, mostra de seu pioneirismo nos interiores em tempos de colonização. Há, em São Paulo, um grande monumento de seu padulorismo!
            


            Ou, quem sabe, PADULA vira sinônimo de meta...
            – Você precisa ser PADULA, menino... Seja auto-confiante!

            Ou, quem sabe, PADULA serve para os professores de história recontarem a História do Brasil, no Grito do Ipiranga de D. Pedro I:
            


            E, claro, os cuidados necessários, evitando as coisas “erradas”. 
            Uma Manchete do “Jornalistas Livres”, por exemplo, sobre a ocupação das escolas paulistas, poderia sair assim:
            – Polícia Militar age com PADULICIDADE contra os estudantes em protestos!

            Ou mais um vídeo, em que estudantes vão às ruas e a PM atende a ordem do Governo Paulista para “liberar” a pista. Ao invés de gritar "Sem Violência"..
            – SEM-PUDULAGEM! SEM PADULAGEM!

www.wgospel.com

            As aparências, esse mal que a humanidade criou para fazer com que oprimidos achem que as coisas são porque devem ser, nos ensina que os lugares (Ruas, Avenidas, Pontes, Prédios) recebem os nomes que tem a ver com sua história e o escambal...
            Pura balela... 
            Senão, o nome do Chefe de Gabinete da Secretaria de Educação Paulista traduziria o que é a Política Pública paulista de Educação nestes últimos mais de 20 anos...
            ... ou não?

            Venham Todos!
            Venham Todas! 

Um comentário:

  1. quanta besteira... falou nada com nada!!!

    ResponderExcluir

O Universal Circo Crítico abre seu picadeiro e agradece tê-lo/a em nosso público.
Espero que aprecie o espetáculo, livre, popular, revolucionário, brincante...! E grato fico pelo seu comentário...
Ah! Não se esqueça de assinar, ok?
Vida Longa!
Marcelo "Russo" Ferreira